sábado, 4 de fevereiro de 2023

Fechamento da Carteira de Janeiro/23 (+ 1,51 % / + 0,87 %) e Análise de Metas de 2022/2023

 



Bom dia Finansfera!


Faltou tempo esse mês e acabei atrasando a divulgação do resultado de janeiro/23 e também não consegui publicar o rotineiro post do meio do mês...É tanta coisa pra se preocupar (e gastar) que fico até perdido...vitaminas, vacinas, ar condicionado (sim...aqui no RJ a temperatura está infernal e teremos que colocar um ar condicionado no quarto da VVI baby), IPTU, CREA, entre outros gastos para inflar a contabilidade do mês e impactar os investimentos de janeiro. A sorte  é que tive uma entrada de recursos não esperada que ajudou a contrabalançar esses gastos... 

É bem assim mesmo...rsrs

Mês de janeiro teve grandes emoções...desde invasão de bens públicos, decadência das Lojas Americanas quanto queda do dólar em um cenário incerto...Brasil não é para amadores...

sábado, 31 de dezembro de 2022

Fechamento da Carteira de Dezembro/22 (+ 0,72% / + 0,22%) e Consolidado do Ano (+ 20,95% / + 1,80%)

 


Bom dia Finansfera!


Chegamos ao fim de dezembro e também ao fim de 2022! Uma coisa é certa...esse ano foi um ano de grandes emoções! Resolvi juntar nesse post tanto o habitual resultado de fechamento do mês quanto um consolidado do ano. Como o post será duplo tentarei ser mais objetivo nas descrições.

Resultado de Dezembro/2022

O resultado obtido em dezembro foi de crescimento da carteira de +0,72 %, sendo que a rentabilidade dos investimentos (desconsiderando aportes) foi de apenas +0,22 %. Mais um mês com rentabilidade possivelmente abaixo da inflação (pra ter uma ideia o IPCA 15 de dezembro indicava uma inflação de +0,42 % para dezembro). Um fechamento de dezembro assim como foram a maior parte dos fechamentos do ano...crescimento acima da inflação devido aos aportes e rentabilidades perdendo da inflação.

Contribuíram para a baixa rentabilidade mensal a nova queda dos ativos do exterior, sendo que dessa vez a queda foi acompanhada pela queda também do dólar. Ações BR e FIIs se mantiveram estáveis e a renda fixa que salvou o resultado, uma vez que com o fim dos IPCAs negativos, a renda fixa voltou a entregar resultados relevantes.

Sobre a vida pessoal continuo tentando me acostumar com essa nova vida de pai. Como dá trabalho...já esperava isso, mas confesso que a quantidade de tempo necessário e dificuldades que esperava foram subestimados...Tem dias que passo 30-45 min apenas tentando acalmar a VVI baby para ela conseguir dormir...até uma coisa simples e "fácil" como dormir quando está cansado é uma dificuldade para um bebê...não estão brincando quando dizem que um bebê precisa aprender tudo do zero... Esse mês de dezembro foi meu mês de férias...acabei passando todas as férias resolvendo os pepinos normais de ter um bebê pequeno e ajudando e passando tempo com ela e a Sra VVI. Agora em janeiro infelizmente tenho a volta ao trabalho...rsrs...Está difícil mas espero que com o crescimento da bebê as coisas comecem a ficar mais tranquilas.

Do ponto de vista de gastos foi um mês de gastos pesados, especialmente com a VVI baby. A taxa de poupança média que tinha de 50 % passou para cerca de 30 % pelo segundo mês seguido, o que me indica que devo estabilizar perto disso por enquanto. Como preocupação principal está o fato que em janeiro começa a trabalhar a babá que será CLT (sairá bem caro para nós) e o fato que a Sra VVI ainda não voltará ao trabalho (com isso a renda ficará apenas comigo). Haverá gastos extras e muita burocracia (mas nada que não estávamos estimando)... como gostaria que o governo simplesmente gerasse um boleto e dissesse: Pague isso e está Ok... são muitos detalhes pra correr atrás e preparar.

Abaixo segue a curva de aumento do meu patrimônio, sua rentabilidade e o IPCA acumulado em 2022 (o valor do IPCA de dezembro especialmente deve seu valor computado como o IPCA 15 para permitir uma visão completa do ano). Apesar do aumento considerado do patrimônio (mais de 20 %) a rentabilidade foi pífia (1,8 %) ficando bem abaixo da inflação IPCA (cerca de 5,5 %) acumulado no ano. Espero que os resultados venham nos próximos anos através da valorização dos ativos que comprei "barato" nesse ano...


sexta-feira, 9 de dezembro de 2022

Os Grandes Momentos da Vida e como Estes nos Tornam quem somos Hoje


 

Boa noite Blogosfera! 

 

Estive pensando estes dias sobre a vida e como existem momentos nela que definem completamente o caminho que iremos trilhar e nos moldam...
 
Não sei se isso é um início de uma crise dos 40 anos (estou chegando perto) ou se apenas um pensamento dada a grande mudança de vida que tive há pouco menos de 3 meses atrás (ser pai), mas venho pensando muito nesses momentos e lembrando de como me senti em situações do passado e como isso me influenciou.
 
 
A vida é feita de momentos...
 

quinta-feira, 1 de dezembro de 2022

Fechamento da Carteira de Novembro/22 (+ 2,22 % / - 0,70 %)

 



Bom dia Finansfera!


Novembro foi um mês parecido com outubro do ponto de vista de tempo e foco quase exclusivos na VVI baby. Como dá trabalho cuidar de um bebê...mesmo que a atenção da Sra VVI acabe sendo muito mais requisitada que a minha (não tem como eu alimentar ela) ainda tenho que atuar trocando fralda, dando banho, fazendo massagem anti-cólicas, ninando e colocando para arrotar... e o ciclo se repete dezenas de vezes durante dia, tarde, noite e madrugada... A boa notícia é que ela está se desenvolvendo conforme esperado! A contratação da babá está praticamente fechada, com início previsto para janeiro/23. Estou agora correndo atrás do processo de contratação CLT dela...que burocracia e quantidade de exigências...é um absurdo a complexidade e dificuldade para contratar uma pessoa formalmente... e olha que nem estou reclamando do custo...é da burocracia e exigências de controle mesmo...Brasil sendo Brasil...

Sobre o fechamento de novembro a carteira teve um aumento bem considerável (2,22 %) devido ao reinvestimento integral da primeira parcela do 13o terceiro salário e também benefício de férias. Tenho conseguido manter aportes altos quase todos os meses e com isso aumentar a carteira quase que constantemente. Por outro lado, a rentabilidade da carteira sem considerar os aportes foi negativa (-0,7%) devido a uma considerável queda da minha carteira de ações BR e FIIs. O resultado só não foi pior pois a renda fixa voltou a crescer consideravelmente com o fim das deflações no IPCA e também por causa de melhora nas cotações dos ETFs internacionais (compensando a queda do dólar).

No mês de novembro consegui finalizar a migração dos ETFs da finada Passfolio para a Interactive Brokers...infelizmente perdi USD65 de taxas na brincadeira, mas pelo menos resolveu. Agora todos os meus ativos internacionais estão na mesma corretora.

Abaixo segue a curva de aumento do meu patrimônio, sua rentabilidade e o IPCA acumulado em 2022 (o valor do IPCA de novembro não foi computado uma vez que ainda não foi divulgado). Vergonhoso resultado até novembro...pouco mais de 1,5 %... apanhando da inflação mesmo considerando as deflações falsas dos últimos meses...





terça-feira, 15 de novembro de 2022

Você se considera classe média?

 


Boa noite Blogosfera!


Estava com saudade de fazer um post no mês que não fosse a atualização da minha carteira mensal...Desde o nascimento da VVI baby o tempo tem sido escasso e o cansaço dominante. Só consegui fazer os fechamos mensais mesmo e na correria. Hoje me esforcei pra liberar uma horinha para escrever esse post (na verdade fiz uma solicitação formal para a Sra VVI que me autorizou "contanto que não demore muito"...kkk...que fase). Sinto falta dos posts de temas mais gerais e resolvi escrever sobre um item que me impactou há alguns anos atrás sobre como vivemos normalmente em uma "bolha social" formada pelo meio que frequentamos e como acabamos por não perceber isso...Explico melhor contando minha estória de vida:

Desde quando era criança lembro de em inúmeras situações ouvir meus pais dizendo que éramos de classe média e acabei interiorizando isso naturalmente. Além disso, morávamos em um bairro bom e central, mas onde, por incrível que pareça, não havia grande diferença de condições financeiras entre nós e os vizinhos...todos tinham casas e apartamentos similares, os pais trabalhavam e sustentavam os filhos, normalmente tinham casa própria, carro popular e não esbanjavam riqueza ou demonstravam pobreza. Lembro hoje que no colégio que estudava (particular) quase todos eram "da mesma classe social" e não havia diferenciação entre nós por causa de condições financeiras ( pelo menos é como eu lembro). 

Meus pais tinham um pequeno negócio e deste negócio vinha o sustento da família. Não havia sobra de dinheiro e o mesmo era contado e bem direcionado para as necessidades da família. Lembro que em épocas de comércio bom sobrava mais um pouquinho e acabávamos indo pra praia de carro tirar umas pequenas férias em janeiro (época fraca do comércio), mas quando o comércio ia mal meu pai tinha que se virar para pagar as contas...lembro de várias vezes ouvir eles conversando que precisavam ir no colégio negociar atrasos de mensalidade ou diminuir as contas lá de casa para passar o mês. Apesar desse aperto financeiro (que ao meu ver é o grande responsável pelo meu controle financeiro em si - ficava muito preocupado com a falta  de dinheiro e prometi a mim mesmo nunca passar por essa situação de ter que escolher o que pagar), nunca faltou comida, educação e incentivos lá em casa.  Isso era, para mim, ser classe média... Comer fora era luxo reservado para dias especiais...carne não tinha corte, era sempre bife amaciado no "porrete"... lanche na escola era sempre trazido de casa pois saia caro comprar por lá...

O tempo passou e após já estar trabalhando é que comecei a ver que a realidade brasileira é muito diferente da forma que via...Primeiro com o trabalho vieram as diversas viagens pelo Brasil em que pude notar como "classe média" é relativa. Vi realidades onde o padrão de vida que tive na minha infância e adolescência poderia ser caracterizada como classe pobre ou alta...

Outro banho de realidade se deu há uns 15 anos atrás quando li uma reportagem sobre as faixas de salário no Brasil...Apesar de morar em um dos maiores países do mundo, de forma geral, minha vida até os 25 anos era muito focada apenas na minha cidade e também no meu bairro e bairros próximos... Não tinha uma visão real de como o Brasil na verdade é um conjunto de "Brasís" totalmente diferentes entre si... E olha que nasci e morei em uma cidade grande, capital de estado...Essa reportagem apresentava uma faixa de salários por pessoa (ou família) e sua classificação em relação a classe. Era algo similar a essa reportagem da BBC: "Calculadora de renda: 90 % dos brasileiros ganham menos de R$3,5 mil" (https://www.bbc.com/ portuguese/brasil-57909632). É assustador pensar que se você ganha mais de +-3 salários mínimos você já faz parte dos 10 % MAIS RICOS do Brasil. Um País com 210 milhões de pessoas...Você ganha mais que cerca de 190 milhões de brasileiros...é assustador pensar isso e um soco no estômago de todos que se sentiam como "classe média", sendo que na realidade uma classe média ganhava muito menos e vivia com muito menos recursos...Isso me fez valorizar muito mais meus pais que investiram bastante em mim para que eu tivesse condições de me desenvolver e alcançar uma boa condição financeira...Um país tão rico como o Brasil mas com uma concentração de renda tão grande que consegue gerar essa dicotomia...

Esse ponto é só um item que lembrei um dia desses e achei legal escrever sobre isso... acho importante que sempre lembremos que possivelmente somos privilegiados por estarmos seguindo o caminho FIRE em um país onde a maior parte da população está mais preocupada em garantir o pagamento da conta de luz ou da compra de comida do mês...Temos que valorizar muito nossos pais que nos permitiram ter a educação necessária para conseguir perseverar nesse país e também ter empatia com o outro que não teve a mesma condição que nós. É importante lembrarmos que vivemos em ilhas e que vivendo no nosso "microcosmos" normalmente não conseguimos enxergar a realidade do país como um todo. Pensem nisso...

Por hoje é só meus amigos investidores....e vocês, já pensaram nisso? Assustaram com a renda média do brasileiro?


Grande abraço!


VVI


obs: Antes que chamem de socialista ou PTista nos comentários deixo claro que não sou (nada contra quem for). Sou a favor do livre mercado (com regras claras e fiscalização do governo) e por isso acredito que não tem como avançarmos como país se não combatermos realmente a má distribuição de riqueza que temos no Brasil... Manter 90 % da população "sobrevivendo" além de ser uma crueldade é também desperdiçar a chance de desenvolver um mercado interno forte que geraria grande crescimento da economia...




quarta-feira, 2 de novembro de 2022

Fechamento da Carteira de Outubro/22 (+ 4,22 ou 1,81 % / +0,81 %)

 

Bom dia Finansfera!


Outubro foi um mês em que confesso não ter tido tempo pra nada, muito menos para estudar investimentos. Cuidar de uma criança pequena sozinho com a Sra VVI tem se mostrado um trabalho quase que exclusivo. É o tempo todo trocando fralda, colocando ela para mamar e depois passando 20 min sustentando ela ereta a fim de fazê-la arrotar pra logo depois dos 20 min ver ela dando sinais de que quer mamar mais... E o ciclo se inicia novamente ... Isso durante o dia, tarde, noite e madrugada nunca em intervalos superiores a umas 4h... Sabia que seria difícil, mas não esperava tanto...rsrs. Atualmente ela está com cerca de 40 dias e também com crises constante de cólica...ô negócio complicado...não tem o que fazer além de tentar deixar ela o mais confortável possível, fazer massagens e em casos específicos usar um remedinho pra diminuir as dores. É muito ruim ver sua filha com dor e não ter muito o que fazer...a boa notícia é que cólicas ficam até os 3-4meses de idade...torcendo pra passar rápido.

Queria ter escrito outro post em setembro de um tema não relacionado com o fechamento do mês, mas está muito difícil conseguir tempo livre para escrever um post...para escrever esse agora estou jogando todo o trabalho nas costas da Sra VVI e por isso já peço desculpas pela qualidade do post pois não terei tempo de ler e reler ele antes de publicar... perdoem meus erros de português e formatação...rsrs.

Outro fato relevante a ser apontado é a notícia bomba que recebi do nada: A Passfolio, uma das corretoras que uso fora do país para operar e armazenar meus ativos anunciou que vai fechar e que irá transferir (sem consulta prévia ou possibilidade de negação) nossas contas para uma outra corretora (na prática venderam as nossas carteiras para outra corretora). Quem não quiser ser migrado automaticamente tem que pagar taxa e enviar os ativos para outra corretora. Isso mesmo...temos que pagar taxa (65usd) para a Passfolio pra transferir os ativos sendo que o motivo foi gerado por ela (fechamento)...fiquei revoltado mas como não quero ir para uma corretora na qual não optei por investir já fiz o pedido de transferência dos meus papéis de VT para a Interactive Brokers onde mantenho os ETFs irlandeses. Agora terei apenas uma conta corrente nos EUA (Nomad) e a corretora IB para todos os investimentos. Foi estressante estudar o processo mas aparentemente está dando certo (meus ativos já estão visíveis na IB).

Em relação ao resultado dos investimentos o mês foi de rentabilidade foi positiva, especialmente com a grande alta das ações BR pós eleição! Só no dia 31/10 minha carteira de ações BR subiu cerca de 3%! Espero que não devolvam o rendimento nos próximos dias/semanas. Basicamente o mercado respondeu durante todo o mês a cada nova notícia sobre a eleição, subindo e descendo como uma montanha russa...sorte que eu estava muito atarefado o bastante para ficar monitorando e só fui ver agora pro final do mês. No mais considerei um ótimo resultado!

Para a apresentação da lucratividade da carteira esse mês inclui uma confusão no resultado...como podem ver coloquei que o aumento da carteira foi de +4,22% ou 1,81%, tendo a rentabilidade dos investimentos sem considerar aportes chegado a +0,81%. O motivo desse "duplo aumento do patrimônio" está ligado a uma doideira sem tamanha que aconteceu semana passada. Em uma conversa com o meu pai ele me indicou que encontrou uma quantia em dólares na casa dele que eu tinha deixado há uns 3 anos atrás e esquecido. Lembro que levei essa quantidade pra lá para não deixar esse dinheiro aqui em casa enquanto iria viajar e acabei esquecendo disso com a pandemia! Que loucura! Sempre fui uma pessoa que comemorava quando encontrava em uma calça suja ou na rua uma nota de R$20/50, imagina "recuperar" uma quantia relevante de dólares que eu nem mais me lembrava? Foi ótimo mas isso bagunçou um pouco minha planilha. O +4,22% indicado considerou o aumento do patrimônio considerando estes dólares. O +1,81% mostra o aumento de patrimônio os desconsiderando. Deu pra entender agora? rsrs

Outra boa notícia esse mês foi que recuperei cerca de metade dos valores pagos pelo parto da minha esposa via reembolso do plano de saúde. Esperava menos e por isso comemorei! 100 % do valor foi direcionado para investimentos, o que ajudou no aumento acima da média do patrimônio!

Em relação às ações BR, como já mencionado, houve alta variação durante o mês sendo que no final o resultado foi bem positivo para minha carteira! Como não tenho muitas ações públicas o resultado da eleição não impactou negativamente minha carteira, tendo a mesma subido como um foguete! Apesar disso acredito que a carteira deve cair novamente nos próximos dias e semanas...mercado brasileiro vive de "vôos de galinha" e não espero uma valorização nos próximos anos...pelo contrário...conto com um mercado andando de lado para que possa fazer mais aportes a preços baixos!

Os ativos internacionais continuaram caindo, mas acabaram se recuperando mais no final.  Destaque negativo para meu ETF de Emergêntes (EIMI) que afundou devido a pior visão da economia chinesa devido ao COVID e reeleição do premiê chinês. Paciência...uma hora volta. Confesso que apesar de não querer fazer remessas nos próximos meses o valor do dólar e dos ativos lá fora estão muito convidativos...se mantiverem nos mesmos moldes até o momento do meu próximo aporte pode ser que eu mande um dinheirinho pra fora.

A renda fixa foi altamente afetada pelo IPCA negativo, uma vez que a maior parte da minha renda fixa é atrelada ao IPCA. 

FIIs subiram levemente, contribuindo para a estabilidade do resultado. Detalhe para a continuidade do inferno astral dos FIIs de papéis...Eu vejo como oportunidade!

A taxa de poupança ficou por volta de 55%  esse mês com os principais gastos sendo referentes a comida, despesas da casa e agora despesas com a VVI baby. A taxa de poupança foi alta, mas foi contaminada com o reembolso do parto que entrou como valor poupado. Por enquanto as despesas estão controladas, mas logo minha esposa terá que voltar ao trabalho e teremos que contratar uma babá carteira-assinada para nos ajudar...aí vai um bom dinheiro, além dos valores ligados as vacinas do segundo mês... Fizemos uma entrevista hoje para o trabalho...espero que dê certo!

Abaixo segue a curva de aumento do meu patrimônio, sua rentabilidade e o IPCA acumulado em 2022 (o valor do IPCA de outubro não foi computado, uma vez que ainda não foi divulgado).



domingo, 2 de outubro de 2022

Fechamento da Carteira de Setembro/22 (+ 0,09 % / -0,03 %)

 


 Bom dia Finansfera!

 

Setembro teve um gostinho especial para mim...em meados do seu meio nasceu minha primeira (e pelo planejamento única) filha! Atualmente escrevo esse post direto da licença paternidade, estando claro que a vida irá mudar completamente em todos os quesitos... A taxa de poupança inevitavelmente irá diminuir e o tempo para assuntos pessoais será reduzido ao mínimo. Por esse tempo que já estou convivendo com a filha me é claro que cuidar de um bebê exige muita paciência, resistência ao sono, dinheiro e tempo. Incrível a quantidade de vacinas, remédios e outros pontos que estão "fora" do plano de saúde. Isso sem considerar o parto que foi caríssimo e tenho expectativa de recuperar muito pouco do plano de saúde (parto normal é complicado pois o plano não cobre bons profissionais e o reembolso é muito baixo). O que importa é que o parto correu bem e a Sra VVI já está recuperada. Interessante esses partos humanizados...são totalmente diferentes dos "partos de filmes". Foi uma experiência bem intimista e calma, tendo o parto ocorrido na banheira e sem qualquer anestesia (obviamente realizada no hospital com toda a infraestrutura para caso houvesse alguma complicação). Vivendo e aprendendo...

Em relação ao resultado dos investimentos o mês foi de rentabilidade nula. Mês pré-eleição marcado por muita incerteza nos mercados ajudada pela guerra na Ucrânia que continua sem resolução e efeitos da pandemia ainda ocorrendo especialmente devido as ações da China. Deflação se mantendo devido a queda dos custos do petróleo pelo mundo e manutenção das isenções fiscais nos combustíveis e energia. Quero só ver conseguirem compensar os impostos ano que vem conforme combinado entre o governo federal e os governos estaduais... Se for efetivado o IPCA ano que vem promete... 

Os ativos internacionais despencaram esse mês (cerca de 7% médio), porém em reais tiveram leve queda devido ao elevado aumento do dólar em relação ao real. Por outro lado a renda fixa foi altamente afetada pelo IPCA negativo uma vez que a maior parte da minha renda fixa é atrelada ao IPCA. FIIs e ações BR subiram levemente, contribuindo para a estabilidade do resultado.

Esse mês houve uma característica diferente na minha carteira: a variação do patrimônio foi muito pequena. Normalmente consigo fazer aportes elevados (cerca de 40-50% do salário), porém como esse mês foi o pagamento do parto, pelo menos na contabilidade do mês esse gasto entrou anulando quase todo o aporte do mês (na prática fui juntando o dinheiro nos últimos meses não tendo um impacto tão grande nesse mês, porém acabei computando os valores guardados nos últimos meses como investimentos, exigindo agora que eu lance o valor do parto de uma vez na contabilidade do mês...).

Abaixo segue a curva de aumento do meu patrimônio, sua rentabilidade e o IPCA acumulado em 2022 (o valor do IPCA de agosto não foi incluído uma vez que ainda não foi divulgado).