sábado, 30 de março de 2024

Fechamento da Carteira MAR/24 ( +2,10 % / +1,93 %)

 



 Boa Noite Finansfera!


Março foi um ótimo mês para a parcela da carteira no exterior...aumento expressivo, sendo que os demais investimentos andaram um pouco de lado (renda fixa, ações BR e FIIs subiram timidamente). Como o que importa é a carteira como um todo, no final o resultado foi positivo! Ainda mais considerando que a prévia da inflação do mês de março (IPCA-15) veio baixa! Incrível que até os investimentos esperam o fim do Carnaval para começar o ano de verdade! rsrs. Crescimento do patrimônio em + 2,1 %, sendo que +1,9 % vieram da rentabilidade dos investimentos! Maravilha!

Por esse resultado deu pra perceber que nesse mês quase não aportei em investimentos, não é? O motivo disso foram os cartões de crédito que estão turbinados estes meses com o pagamento da viagem que faremos com a VVI baby (será que agora tenho que passar a chamar ela de VVI Toddler? - Já está com 18 meses!) e também que comecei a carregar o cartão Wise com as moedas estrangeiras dos países que iremos conhecer...Assim a taxa de poupança do mês foi de pífios 17 % (compenso depois...confia...rsrs).

A novidade do mês foi sobre o fato de eu voltar essa semana às atividades físicas! Finalmente uma luz no fim do túnel nesse aspecto (não aguentava mais o regime de engorda desde o início da pandemia)... Agora vamos ver se consigo voltar sem arrumar uma lesão pois passei 4 anos sem atividades físicas e já voltei direto para uma atividade que amo mas que é conhecida por gerar lesões (já estou sentindo o ombro aqui...espero que seja apenas algo leve)... O correto era eu voltar pra academia, passar um tempo fazendo uma recuperação muscular e ai sim voltar para minha atividade do coração...mas não tenho mais paciência com academia...sempre odiei ter que ficar revezando aparelho e ficar aguentando os tipos típicos de academia gritando, desfilando ou fazendo fotos/vídeos para o Instagram...

Nos gráficos abaixo seguem os dados costumeiros de crescimento da carteira, sua lucratividade sem aportes e IPCA acumulado para dois períodos diferentes: O primeiro desde o inicio do meu monitoramento (dezembro/21) e o segundo do acumulado de 2024. Lembrando que para o mês de março como ainda não temos o valor final da inflação divulgada, uso o IPCA 15 como referência.







Seguem os gráficos das classes de ativos nas quais invisto. O gráfico abaixo é a divisão do patrimônio em todas as classes de ativos que tenho na carteira:

O gráfico abaixo mostra a distribuição de ativos pelas classes que realmente tenho alguma atuação (retirando classes não gerenciáveis onde não invisto ou os investimentos são pré-definidos - Exemplos: Reserva de Emergência e PGBL). A carteira atual está bem perto da minha carteira objetivo.

Esse mês deixei parte do dinheiro novo em uma "reserva de oportunidade" rendendo 100 % do CDI e parte, junto com os rendimentos dos FIIs recebidos, utilizei para entrar na subscrição dos FIIs TRXF11 e LVBI11 ... Os FIIs estão ficando caros e resolvi aproveitar esse momento para aportar um pouco mais nesse setor. A cada dia que passa as boas oportunidades vão ficando cada vez mais raras..

 Abaixo segue a carteira de ações BR e sua composição por setores:

Esse mês aproveitei os dividendos da ITSA4 que foram bem gordinhos e comprei um pouco de EGIE3. Excelente empresa...

Abaixo a carteira de FIIs e sua alocação por setor...Como citei acima, esse mês os rendimentos foram reinvestidos em subscrições dos FIIs existentes. Segue o jogo!